Pensamentos Kafkianos em cor-de-rosa

Pensamentos Kafkianos em cor-de-rosa

terça-feira, 11 de março de 2014

My way


Nunca fui muito musical. Nunca consegui decorar sequer uma canção, mesmo na adolescência. O mesmo se passa com bandas, tirando uma ou outra que goste especialmente ou cujo vocalista tenha um timbre peculiar, não as distingo. Triste, muito triste. Mas é a verdade. Da mesma forma que nunca consegui perceber os diferentes ritmos existentes numa canção. Tarefa árdua, muito árdua. Devo ser má de ouvido. Mas confesso que o My way do Frank Sinatra tem um efeito em mim quase inexplicável. Nas sevilhanas, ouvia e dançava a rumba flamenca a mi manera, vezes sem conta, dado que fazia parte do nosso repertório. Apesar de não dançar há quatro anos, continua a ser das minhas rumbas favoritas. Sempre que a ouço, perco a vergonha e danço de improviso. Agora dou por mim a trabalhar com a versão do Julio Iglesias. Optei por não colocar o vídeo, seria demasiado penoso para quem aqui passa. A Feria de Sevilla já se começa a sentir. Deve ser isso. 

2 comentários:

  1. estás com os sentimentos à flor da pele, ou seja sentimental!

    ResponderEliminar
  2. tens muito bom gosto musical

    ResponderEliminar

pensamentos cor-se-rosa