Pensamentos Kafkianos em cor-de-rosa

Pensamentos Kafkianos em cor-de-rosa

sexta-feira, 31 de maio de 2013

O baptizado

É amanha.
Não sei o que vestir.
Não sei o que calçar.
Só tenho casacos de verão e de inverno.
Não sei qual levar.
Não sei se o meu pé aguenta saltos altos.
Tenho que levar umas sabrinas para trocar.
Não tenho sabrinas apropriadas para um baptizado.
Não conheço ninguém além da mãe da criança.
Comprei um vestido para oferecer à criança, nada barato e mais parece um vestido de praia.
Não me apetece ir ao cabeleireiro.
Não quero ir ao baptizado.

6 comentários:

  1. Ui...o pânico instalou-se! Calma, uma coisa de cada vez.
    ...bem...parece que é melhor não ir! Pronto, eu queria ajudar mas se só conhecesse a mãe da criança, acho que não ia mesmo :o

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é que sou amiga da mãe da criança há mais de 10 anos.. também não me sinto bem em não ir...

      Eliminar
  2. Tens mesmo que ir.. Faz um esforço e arranja-te lá maravilhosamente para o baptizado. :)

    ResponderEliminar
  3. não devemos deixar de participar nestes eventos e outros por causa de uns trapitos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Arranjei trapitos e ainda me diverti ;)

      Eliminar

pensamentos cor-se-rosa