Pensamentos Kafkianos em cor-de-rosa

Pensamentos Kafkianos em cor-de-rosa

domingo, 4 de agosto de 2013

Cheirinho a café



Ontem fiz café numa destas cafeteiras, que deixa um cheiro irresistível a café pela cozinha toda. Sempre que entrava na cozinha inspirava fundo e sorria. Que maravilha. Fiz café há horas e ainda cheira. Pensava eu e voltava a sorrir. Hoje de manhã, quando peguei na cafeteira para fazer novamente café, já não consegui sorrir. Ontem, depois de ter feito o café, esqueci-me de desligar o botão vermelho e como não desliguei a máquina da tomada, ela "andou a fazer café" o dia todo, pelo que está explicado o delicioso cheiro a café. Nem sei como não explodiu! Fazer café sem água e sem café, durante um dia inteiro não deve ser fácil! Não explodiu, mas derreteu o botão vermelho. Vou ali salvar a máquina, volto já.

1 comentário:

  1. :( espero que a consigas recuperar... adoro o café feito na cafeteira!

    ResponderEliminar

pensamentos cor-se-rosa